Seguidores

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Escritora e poetisa bahiana que viria a Natal, faleceu em Salvador.


Professora emérita da Ufba, Suzana Alice Marcelino Cardoso morre em Salvador

Ela ocupava desde 2016 a cadeira número 28 da Academia de Letras da Bahia (ALB). Causa do falecimento ainda não foi divulgada.

Por G1 BA
 
Suzana Alice Marcelino da Silva Cardoso, na posse da Academia de Letras da Bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)Suzana Alice Marcelino da Silva Cardoso, na posse da Academia de Letras da Bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)
Suzana Alice Marcelino da Silva Cardoso, na posse da Academia de Letras da Bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)
A professora emérita da Universidade Federal da Bahia (UFBA) Suzana Alice Marcelino da Silva Cardoso morreu nesta quarta-feira (2), em Salvador. A causa do falecimento ainda não foi divulgada.
Suzana ocupava, desde 2016, a cadeira número 28 da Academia de Letras da Bahia (ALB). Ela construiu a sua carreira profissional no universo das Letras, atuando principalmente na área da dialectologia, geolinguística, português do Brasil, língua portuguesa e variação linguística.
O reitor da Ufba, João Carlos Salles, lamentou a perda. "É uma da figuras fundamentais da Ufba e referência para todos nós. É uma pessoa muito querida e, pessoalmente, é a perda de uma amiga", disse.
A professora Suzana tem graduação em Letras Neolatinas pela Universidade Federal da Bahia (1960), mestrado em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia (1979) e doutorado em Letras (Letras Vernáculas) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002).
Ela foi professora convidada na Université Paris 13, editora da revista Estudos Lingüísticos e Literários (2004-2012) , membro do Conselho Editorial das revistas A Cor das Letras, Filologia e Lingüística Portuguesa, coordenadora do GT de Sociolinguística da ANPOLL (1992-1994), presidente da Associação Brasileira de Linguística - ABRALIN (1993-1995) e diretora-presidente do Projeto Atlas Linguístico do Brasil.