Seguidores

domingo, 22 de dezembro de 2013

Lançamento Azymuth:




Está à venda mais um novo lançamento da Azymuth, trata-se do livro Padre João Maria – Subsídios para a História, organizado por Pedro Soares de Araújo Filho (1882-1918) em 1906. Sua edição original fora publicada para arrecadar fundos para a edificação de um monumento na praça que já levava o nome do Sacerdote desde o ano anterior. Essa segunda edição (fac-similar) tem a introdução de Wandyr Villar. É uma edição comemorativa aos 165 anos de nascimento do Padre João Maria e alusiva aos 95 anos de morte de Pedro Soares Filho.
Venda do Livro:
Esse livro não terá lançamento e não será vendido em livrarias. Custa R$ 35,00.  Pode ser comprado diretamente na Azymuth. Parte das vendas ajudará o Hospital Infantil Varela Santiago.

Contatos:

9420-8397 (claro).


Próximos Lançamentos:
1.    Alma em Versos – Carolina Wanderley (finalizado).
2.    Rimário Infantil – Carolina Wanderley (finalizado).
3.    Padre João Maria – Boanerges Soares (em revisão).
4.    Lira de Poti – Antônio Soares (em revisão).

sábado, 21 de dezembro de 2013

O poeta Dilson continua produzindo.

PRA MINHA FAMÍLIA QUERIDA
DESEJO UM FELIZ NATAL CHEIO
DE PAZ E BÊNÇÃOS.

MEUS AMORES! 

São três mulheres pra mim importantes
Que me ajudam no ato dos meus labores
Não são três Marias, mas são raras flores
Florindo a sina dos acres instantes.

Três amores que fazem maravilhas
Pra ser eleito o senhor dos senhores
Bendito fruto entre frutas de amores
A minha esposa e as minhas duas filhas.

Alimentar-se, bebendo a crendice
Que elas serão luz pra minha velhice
Caso esse velhinho apague a sua arte.

Meus três amores, ah, são quatro! Tinha
Esquecido de Shenna, a cadelinha...
Que da família ela também faz parte.

02/11/2010 - D I L S O N - NATAL/RN.

Resposta rápida
Para: DιІšση Ferreira <dilsonfs51@hotmail.com>

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

MENSAGEM DO PRESIDENTE DA UBE-RN AOS ESCRITORES POTIGUARES



Prezados Escritores e Escritoras Potiguares:

Estamos no mês mais bonito do ano: dezembro, mês dedicado ao Menino Jesus, que há 2013 anos mudou o curso da História, com a sua mensagem de paz e esperança.

Aqui, em nosso RN, a estação de Verão anuncia mangas, cajus e praias... aproveitamos, então, para dizer-lhes da nossa satisfação em saber que você faz parte da família UBEANA, a quem tive o prazer de servir, como modesto operário da Cultura, seis anos como Presidente e dois anos como Secretário. Agora, é hora de partir para fazer manutenção porque a fuligem do tempo corrói e, feito as devidas adequações, regressar para ajudar o novo Presidente, poeta Roberto Lima de Souza, a conduzir o barco porque esse é o nosso destino. Sabemos o quanto é difícil navegar nos mares da Cultura, uma vez que a fogueira das vaidades exige bombeiros bem preparados para apagar. Contudo, como afirmou o poeta Fernando Pessoa:”Tudo vale a pena/desde que a alma não seja pequena”.

Feliz Natal, feliz Ano novo!

Eduardo Gosson
Curtir ·  ·  · há 13 horas · 

sábado, 14 de dezembro de 2013

As mulheres.

Marcos Pinto Pinto compartilhou a foto de Gotas de Crystal.
Belíssimo texto do Paulo Coelho. Assino embaixo.
texto de Paulo Coelho Exatamente isso, leiam isso mulheres !! As mulheres pela visão de um homem... Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar eacariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção. Não temos a menor ideia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação se dá de outra forma, isso quer dizer: se tem forma de guitarra... está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas. As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, carnudas... Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, parecem odiar as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas. A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas... Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas é como ter o melhor sofá embalado no sótão. É essa a lei da natureza... que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde. As jovens são lindas... mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda... cresce. Não da de entrar, sem ficar psicótica, no mesmo vestido que usava aos 18. Uma mulher de 45, que entra na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo. Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua tendência a culpas. Ou seja, aquela que, quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes); quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se saboteia e não sofre); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que gosta, compra; quando tem que economizar, economiza. Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos em formol, nem em spa... Viveram! O corpo da mulher é o sagrado recinto da gestação de toda a humanidade, onde foi alimentada, ninada e, sem querer, marcada por estrias, cesáreas e demais coisas que fizeram parte do processo que contribuiu para que estivéssemos vivos. Portanto, Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! A beleza é tudo isto.
Fonte: Facebook.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Roberto Lima promete trabalhar em equipe na UBE/RN.

REUNIÃO DA UBE/RN COM O PRESIDENTE ELEITO, EM 10-12-2013, NA ACADEMIA NORTE-RIO-GRANDENSE DE LETRAS.
Fonte:  blog do IHGRN.


CONFREIRAS
 
REUNIÃO DA UBE/RN EM 10-12-2013
 
ROBERTO LIMA DE SOUZA, PRESIDENTE ELEITO
ROBERTO E EDUARDO
 



Veredas de Sol, Lua, Estrela e JASMIM UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES - UBE/RN 

. Castro Hoje, pela manhã, tive a alegria de participar da primeira reunião com a diretoria recém eleita da UBE/RN para o biênio 2014/2015, na qual participo do Conselho Consultivo. Além do querido confrade Eduardo Gosson(ex-presidente e atual vice) e do poeta, filósofo e compositor Roberto Lima (o novo presidente eleito da UBE) registro a presença dos escritores Manoel Marques, Claudionor, Pedro Lins e da professora Geralda Efigênia, de Suzana Galvão, das autoras Lúcia Helena Pereira, Diulinda Garcia e Gilvânia Machado. Nesse primeiro encontro, o escritor Eduardo Gosson, auxiliado pelo Secretário Manoel Marques, fez um breve relato sobre a gestão que se finda, falou de alguns sonhos que ainda precisam ser alcançados, tendo falado acerca da necessidade de se dar continuidade a algumas das ações já iniciadas, tais como: 1. Plano Editorial da UBE (que já publicou 15 títulos em suas várias coleções); 2. Realizar o VI Encontro Potiguar de Escritores - EPE; 3. Dar vida à Lei Henrique Castriciano, uma lei estadual que precisa ser regulamentada, e que trata do estabelecimento de uma política de leitura no estado; 4. Realização do II Prêmio escritor Eulício de Farias, em suas 3 categorias; 5. Retomada da edição do jornal O GALO. 6. Realização sistemática de saraus literários; 7. Otimizar o sistema de arrecadação das anuidades dos membros, de maneira a viabilizar melhor as ações da UBE/RN; 8. Propor a alguma instituição de ensino superior a implementação de um curso de especialização com o foco no "ofício do escritor"; 9. Implementação de minibibliotecas de autores potiguares junto à rede hoteleira do estado; 10. Incentivar a presença de autores potiguares nas escolas, a adoção de seus livros, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação e com Secretarias Municipais de Educação dos vários municípios. A partir desses pontos levantados inicialmente, os membros da diretoria e os membros em geral da UBE/RN estão sendo convocados a apresentarem suas sugestões à nova diretoria para que se possa realizar, após a posse, uma reunião de planejamento estratégico que possa consolidar uma programação efetiva de atuação da UBE/RN para o biênio 2014/2015. O presidente eleito, Roberto Lima de Souza, enfatizou que pretende realizar um trabalho em equipe, de maneira cooperativa, oportunizando a somatória de inteligências para que a entidade possa cumprir o seu relevante papel perante a literatura e a cultura em geral do estado.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Conselhos de uma jovem de 90 anos.

UARTA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2013



7% (SETE POR CENTO)

ESCRITO POR REGINA BRETT, 90 ANOS DE IDADE,  QUE ASSINA UMA COLUNA NO THE PLAIN DEALER, CLEVELAND, OHIO.

"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais solicitada que eu já escrevi."
Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo e pequeno.
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. É bom ficar bravo com Deus; Ele pode suportar isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.
10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem ideia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe: Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e de ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chique. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário; depois, siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você.
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras: "Em cinco anos, isto importará?".
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa "morrer jovem".
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço de fita, mas ainda é um "presente"."

ESTIMA-SE QUE 93% NÃO ENCAMINHARÁ ISTO. SE VOCÊ FOR UM DOS 7% QUE O FARÃO, FAÇA-O COM O TÍTULO 7%.
________________
Colaboração da leitora e amiga Joventina Simões.

Fundamentalmente.

"Acreditando em minha alma
Sinto-me agradecida pela vida
Brindo com sorrisos
E brilho no olhar 
Eu sobrevivi."
(Meimi)

FUNDAMENTALMENTE...

Tuas lágrimas, eu sei,
Sorriem de felicidade
Desembocam dos olhos negros
Salgadamente
Sobre teus lábios de mel

É quando o sal, saliva, sol,
Temperadamente
Diz-me da pele sabor de canela...
Se eu quiser pintar amor
Use tua praia com tela

Água salgada em corpo doce
Púbis pêssego maçã com cravo
Como se eu fosse escravo
Torturadamente
No pelourinho da tua boca

Por teu suor teor de sal
Nem lembra-se a hipertensão
Posto que me suba a pressão
Inapelavelmente
Posso até morrer de amor!

18/05/2012 - DILSON - NATAL/RN.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

terça-feira, 26 de novembro de 2013

CHICO, A PREGUIÇA E A ESPERTEZA - AUTORIA DE TOMISLAV R. FEMINICK (*).


TOMISLAV FEMINICK

Francisco Maria Cavalcanti de Oliveira, o Chico de Oliveira como é mais conhecido, foi o meu professor-orientador do mestrado em economia, na PUC de São Paulo. Desde então desfruto de sua amizade e, inclusive, ele fez o prefácio de um dos meus livros. Além de um grande pensador e mestre por vocação e dedicação, julgo que há duas outras características bem peculiares em sua personalidade: é visceralmente impaciente com burrices de qualquer naipe e detesta quaisquer voltas tortuosas que se queira dar na verdade. Lembro-me de uma reunião que tivemos em que afirmou que existiam duas classes primordiais de idiotas: os passivos e os ativos, ambas suportando uma infinidade de matizes. Recentemente, por mais de uma vez, essa sua afirmação tem vindo à minha lembrança. A primeira quando li um artigo de Ivan Dutra Faria, em que ele conta a história de um oficial que assume o comando de um quartel. Procurando racionalizar a estratégia de defesa da unidade, o novo comandante identificou um posto de sentinela permanente, em frente de um banco de uma praça. Procurou saber a causa que justificaria o posto e nenhum dos oficiais lhe soube informar, até que um antigo soldado explicou: há muitos anos, quando o banco foi pintado postou-se uma sentinela para evitar que alguém sentasse sobre a tinta fresca. Como ninguém revogou a missão, ela se incorporou na estratégia do quartel. Há algum tempo, minha amiga Hàmida Rodrigues Helìuy, uma das pioneiras da arquivologia no Brasil, identificou algumas toneladas de papéis inservíveis no arquivo morto de um grande grupo empresarial de São Paulo e sugeriu que fossem descartadas e encaminhadas para reciclagem. A diretoria aceitou, desde que se fizesse uma cópia de cada documento, repetindo um fato que já ocorrera na General Motor, nos Estados Unidos. Esses são exemplos clássicos de “idiotece passiva”, por preguiça mental ou acomodação, que ocorrem tanto nos órgãos públicos como nas empresas privadas. Em todos os casos elas acontecem por falta de iniciativa ou raciocínio lógico. Já a outra categoria, a da “idiotice ativa”, tanto pode ser movida por preguiça mental como por interesse. Neste último, acho até que seus adeptos não são tão idiotas assim. O julgamento, condenação e a prisão dos mensaleiros podem ser tomados como modelo para os dois casos. Os condenados, os dirigentes e a militância partidária se revoltaram contra o Supremo Tribunal Federal e o ministro Joaquim Barbosa, dizendo que foi um processo político contra o PT, que havia apenas Caixa 2, que eles são heróis da resistência contra o regime militar etc. e tal e partiram para manifestações de rua e nas redes sociais, entrevistas, artigos em jornais e revistas e manifestos contra “tudo isso”. Ora, caras pálidas, dos onze ministros do tribunal, oito deles foram indicados por Lula ou Dilma, inclusive Joaquim Barbosa - pela lógica não se pode dizer que são contra o PT -, os acusados tiveram amplo direito de defesa e o fizeram pagando caro aos melhores advogados criminalistas do país, houve provas e contraprovas, impetraram embargos de todas as naturezas. Então, onde está ou poderia está a conspiração? Os militantes de base, aqueles que foram para as ruas defender a inocência de José Dirceu, Genuíno e Delúbio e o fizeram nas redes sociais (estes sem que seus blogs e sites sejam patrocinados por empresas públicas) se enquadram na “idiotice ativa” por preguiça mental. Os outros, que querem se reeleger ou serem eleitos nas próximas eleições, que têm empregos nas estatais por indicação partidária ou que têm seus blogs e sites patrocinados por empresas públicas, seriam mais bem enquadrados na categoria “idiotice ativa” por interesse. Na realidade, poucos deixaram a preguiça mental de lado e se despiram dos dogmas e slogans partidários para analisar o desenlace do processo do mensalão. Um desses poucos foi Olívio Dutra, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores, ex-presidente do diretório estadual e ex-governador do Rio Grande do Sul. Para ele “funcionou o que deveria funcionar. O STF julgou e a Justiça determinou a prisão, cumpra-se a lei”. 

 O Jornal de Hoje, Natal, 26 nov. 2013 Gazeta do Oeste. Mossoró, 26 nov. 2013


(*) Mestre em economia, com extensão em sociologia.